PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL – GRUPO RCFA

rcfa_plano de recuperação judicial das recuperadas

Um comentário em “PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL – GRUPO RCFA”

  1. O plano de recuperação judicial está assentado na constituição de um Fundo de Investimento Imobiliário para onde os ativos seriam migrados. Os credores serão cotistas do fundo. A ideia é boa, uma vez que o problema de fluxo de caixa seria sanado com a dação dos bens, ao mesmo tempo que respeita o par condicio creditorum. Outro benefício seria a liberação do devedor para retomar a atividade empresarial.

    Por outro lado, nem todos os credores gostariam ou podem ser cotistas de fundo de investimento. Uma das alternativas seria realizar a alienação dos ativos mediante pregão. Nesta modalidade, garante-se uma fase “blind”, o que potencializa o valor mínimo, bem como garante uma fase de disputa. A utilização dos créditos concursais poderia potencializar os valores dos ativos e concomitantemente limpar o passivo. Incentivar a transação de créditos concursais entre credores para participar dos pregões também limparia o passivo e respeitaria a vontade/ necessidade dos credores de Valor Presente Líquido e de Payback de seus títulos.

Deixe uma resposta